AO VIVO
Menu
Busca quinta, 29 de julho de 2021
Busca
Florianópolis
16ºmax
min
Correios Celular - Mobile
Geral

Dia Nacional da Cachaça é comemorado hoje

Celebrado dia 13 Setembro

13 setembro 2020 - 07h00Por André Dorea

Hoje dia 13 de setembro é celebrado o dia da cachaça ou aguardente. É uma bebida histórica e simbólica e de muito valor para cultura e identidade Brasileira

Produto da milenar arte da destilação, filha da alquimia com a exuberância dos trópicos, a cachaça continua sendo um produto que se faz com tempo e talento. São quase 500 anos de maturação e experimentos, erros e acertos em busca do equilíbrio entre as diversas variedades de cana-de-açúcar; passando pelos diferentes tipos de fermento (leveduras para fermentação), desde os fermentos caipiras(um composto a base de arroz, milho, trigo ou soja) até a adoção de cepas ou “raças” de leveduras melhoradas e mais sofisticadas e a temperatura ideal no alambique para separar o que é “cabeça”, “coração” e “rabo” da cachaça*, o coração é a bebida propriamente dita. Durante o processo de produção o destilador convive com uma série de variáveis, motivo de muitas e intermináveis conversas, pra lá de braça de prosa. Isso apenas para ilustrar como é que acontece o desenvolvimento da cachaça branca ou “prata”. Quando falamos da amarelinha ou “ouro”, entra o fator envelhecimento da bebida em tonéis de madeira, daí pra frente começa um mundo que rende mais conversa ainda, nem os doutores da academia escapam, e dá-lhe mais légua de prosa sobre cachaça envelhecida.

 

Cachaça ou aguardente?

O Ministério da Agricultura é o regulador dos produtos de origem animal e vegetal e é com as “Instruções Normativas”, documentos técnicos elaborados para que os diversos segmentos da produção agropecuária tenham um ponto de partida para um certo padrão nos produtos.

A Instrução Normativa número 13 de 29/06/2005 - assinada pelo então Ministro Roberto Rodrigues, ele mesmo um admirador de uma boa cachaça – estabelece alguns conceitos: Aguardente de Cana é a bebida com graduação alcoólica de 38% vol (trinta e oito por cento em volume) a 54% vol (cinquenta e quatro por cento em volume) a 20ºC (vinte graus Celsius), obtida do destilado alcoólico simples de cana-de-açúcar ou pela destilação do mosto fermentado do caldo de cana-de-açúcar, podendo ser adicionada de açúcares até 6g/l (seis gramas por litro), expressos em sacarose. Cachaça é a denominação típica e exclusiva da Aguardente de Cana produzida no Brasil, com graduação alcoólica de 38 % vol (trinta e oito por cento em volume) a 48% vol (quarenta e oito por cento em volume) a 20ºC (vinte graus Celsius), obtida pela destilação do mosto fermentado do caldo de cana-de-açúcar com características sensoriais peculiares, podendo ser adicionada de açúcares até 6g/l (seis gramas por litro), expressos em sacarose. Destilado Alcoólico Simples de Cana-de-Açúcar, destinado à produção da Aguardente de Cana, é o produto obtido pelo processo de destilação simples ou por destilo-retificação parcial seletiva do mosto fermentado do caldo de cana-de-açúcar, com graduação alcoólica superior a 54% vol (cinquenta e quatro por cento em volume) e inferior a 70% vol (setenta por cento em volume) a 20ºC (vinte graus Celsius). A Instrução Normativa ainda subdivide aguardente e cachaça em: adoçada, envelhecida, premium e extra premium.

 

* Com colaboração especial  do Jornalista Tobias Ferraz