AO VIVO
Menu
Busca domingo, 25 de julho de 2021
Busca
Florianópolis
25ºmax
15ºmin
Correios Celular - Mobile
Emprego

Programa tem vagas de empregos para mulheres vítimas de violência com salário até R$ 7,7 mil

Pré-seleção contará com candidatas já cadastradas no programa Tem Saída, que auxilia na busca pela autonomia financeira das participantes

20 outubro 2020 - 15h00Por Paulo Toledo
Programa tem vagas de empregos para mulheres vítimas de violência com salário até R$ 7,7 mil

Empresas estão ofertando 250 oportunidades de emprego nas áreas do comércio, serviços e de tecnologia, exclusivas para as participantes do programa Tem Saída, mantido pela Prefeitura de São Paulo, durante a 3ª edição do Contrata SP Tem Saída, nos dias 22 e 23 de outubro. Os salários variam entre R$ 786,00 (carga horária reduzida) e R$ 7.700,00. As equipes de seleção da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho farão a convocação das participantes do Tem Saída, que estiverem no perfil das vagas disponibilizadas para a etapa de entrevistas. 
Em decorrência da pandemia por coronavírus, com o objetivo de evitar aglomerações, as candidatas serão atendidas, no Cate Central, em três horários distintos, às 10h, 12h e 14h. São esperadas por volta de 360 mulheres nos dois dias de pré-seleção.

Entre as vagas ofertadas, 50 postos são para operador de telemarketing – salário de até R$ 1.100. É necessário possuir o ensino médio completo e seis meses de experiência. As empresas ficam localizadas nas regiões central e leste da capital. Já para o cargo de operador de caixa, são 40 oportunidades – remuneração que varia de R$ 786,00 a R$ 1.300,00. A escolaridade requisitada é ensino médio completo. Assistência odontológica, vale refeição, vale alimentação e seguro de vida são alguns dos benefícios que a prestadora de serviços receberá.

A área de vendas tem seis vagas – ganhos entre R$ 1.300,00 e R$ 5.000,00. O ensino médio completo e seis meses de experiência são requisitos mínimos para ocupar a vaga. Algumas posições exigem conhecimento básico de eletrônica para orientar os clientes.

Para assistente administrativo são 15 oportunidades – remuneração de R$ 1.200,00. É preciso ter o ensino médio completo. Não será exigida experiência e as vagas estão distribuídas em todas as regiões da capital.

A colocação de copeira hospitalar possui 10 oportunidades disponíveis, com salário de R$ 1.313,00. A formação escolar necessária para preencher a vaga é ensino fundamental, que pode estar em andamento, sendo necessária experiência na atividade. Servir pacientes e acompanhantes em seus leitos, higienizar a copa, utensílios estão entre algumas das atividades que serão realizadas pela colaboradora. O hospital fica no bairro Jabaquara, na zona sul e o trabalho é por escala de horário.
 
Quem tem o ensino superior completo contará no Contrata SP Tem Saída com oito vagas. Para analista de segurança da informação são quatro postos – remuneração de R$ 4.000,00 até R$ 5.000,00. É necessário possuir certificação da Microsoft. A profissional realizará tarefas como planejamento, desenho e implementação do pacote Office 365, entre outras. Já para o cargo de QA Full Stack Sênior (técnico em desenvolvimento) são quatro posições, com salário de R$ 7.700,00. A interessada deverá ter ensino superior completo em Tecnologia da Informação, Administração de Empresas ou áreas correlatas.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho já realizou duas edições do Contrata SP - Tem Saída que contaram com a participação de 39 empresas, tendo resultado em três mil encaminhamentos e 189 contratadas. Nesta edição, são 10 empresas que fazem parte da ação, sendo que algumas delas já são parceiras do programa Tem Saída.
 
Programa Tem Saída
 
O programa Tem Saída é uma parceria entre a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho com o Ministério Público, Defensoria Pública, Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, OAB-SP, ONU Mulheres e Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, conta com mais de 40 empresas de segmentos como serviços, comércio, saúde e moda, que já empregaram cerca de 400 mulheres em situação de violência doméstica e familiar. O programa tem a finalidade de promover a autonomia financeira de mulheres que estão em situação de violência doméstica e familiar.

Para fazer parte da iniciativa, a mulher deve passar por atendimento no Ministério Público, Defensoria Pública ou Tribunal de Justiça. Após esse primeiro suporte, ela é encaminhada ao Cate para verificação de vagas de emprego. As empresas parceiras do Tem Saída recebem treinamento e suporte para acolherem essas mulheres tanto no processo seletivo quanto na introdução nas equipes de trabalho.