AO VIVO
Menu
Busca quinta, 24 de junho de 2021
Busca
Florianópolis
21ºmax
15ºmin
Correios Celular - Mobile
Política

Aprovado no legislativo, auxílio emergencial do governo de SC deve chegar a 67mil famílias no estado

10 junho 2021 - 11h08Por Priscila Carolina Dalagnol

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina aprovou, por unanimidade, a criação do auxílio emergencial estadual para famílias necessitadas em decorrência da pandemia. A votação aconteceu nesta quarta-feira (9) e transforma em Lei a Medida Provisória (MP) 240/2021, chamada de SC + Renda pelo governo do estado. 

Com a aprovação, o executivo poderá colocar em prática os detalhes do projeto. De acordo com dados iniciais, cerca de 67 mil famílias catarinenses têm direito ao benefício. A previsão é de que elas recebam o valor de R$ 900 dividido em três parcelas. Ou seja, R$ 300 por mês, durante três meses.

Para auxiliar na renda dessas famílias, o governo estadual estima repassar R$ 60 milhões. Dois grupos se enquadram no auxílio: famílias inscritas na base estadual do Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal (CadÚnico) e trabalhadores que ficaram desempregados entre o período de 19 de março de 2020 e 1º de maio de 2021 e atuavam em setores como transportes, eventos, alojamento, alimentação, etc.

A tramitação na ALESC passou pelas Comissões de Constituição e Justiça (CCJ) e de Finanças e Tributação. Esta última pretende ainda pedir ao governo estadual a revisão do cadastro e ampliação do auxílio para alcançar até 130 mil famílias.

O governo de Santa Catarina já liberou o cadastro e a partir desta quinta-feira (10) é possível dar entrada nos pedidos e também tirar dúvidas, através da Internet. Clique aqui para acessar a página do SC Mais Renda.